quarta-feira, 22 de julho de 2009


Bons tempos esses...
Tempos em que amar não era crime,e não ser amada não era uma condenação,
Em que se sorria chorando e se chorava sorrindo,
Em que perder tempo não era necessariamente perder tempo,mas sim ganhar mais tempo para se recordar futuramente,
Em que pedir perdão não era necessário,pois não tínhamos como errar,
Em que saudades fazia parte do presente,mas não atrapalhava o nosso futuro,
enfim,em que a amizade não era apenas mais uma palavra bonita,mas sim a palavra mais simples para definir o que existe entre a gente.

Nenhum comentário: