terça-feira, 12 de abril de 2011

Eu amo a chuva.
Você ama o frio.
Almas geladas
aquecem um coração vazio.
Não tenho medo do vento,
Você já até sabe voar,
No relento da noite chuvosa e fria,
Você foi o primeiro a me abraçar.
As pessoas julgam pelas escolhas,
Então quero ser julgada, pois eu te escolhi
E nunca nesse mundo te deixarei partir
Pois não me importa o que dizem, o que disseram,
o que ainda vão dizer
Eu vou estar contigo amigo,
Até o brilho da lua se esconder.

Dedicado a Ian

Nenhum comentário: