sábado, 30 de julho de 2011

Sofro...
Não por sua causa, mas por minha...
Por lutar contra os meus sentimentos,
quando os dedos discam o seu número
e apesar da saudade, eu não me permito chamar.
Quando eu te procuro por entre a multidão
e disfarço para não dar bandeira,
quando eu abraço a sua ausência
para impedir me de correr para os teus braços.
Tudo para mim sempre pareceu ser tão fácil,
mas eu ainda gelo,
só na possibilidade de um dia conseguir falar
que eu ainda te quero,
e que por mais que eu tente,
sem você na minha vida, sempre sobrará um espaço.

2 comentários:

Romildo Costa disse...

Adorei Luciana!
Muito legal
Romildo Costa
Jequié Bahia

Josiane Blogueira disse...

Adorei seu blog parabéns!
Vim aqui ter convidar para um Sorteio no meu blog
que está bombamdo e conto com vc lá beijinhos e adorei seu blog e sucesso!
Sorteio de uma colônia da Boticária se não for pedir muito
me segue lá beijos!

http://brilhomenina.blogspot.com/